contato@apeop-pr.com.br
41 3069-0743

Notícias

Balanço de 100 dias de Ratinho Junior destaca ações de segurança e infraestrutura

16 de abril de 2019

Gazeta do Povo – Katia Brembatti – [15/04/2019] [21:51]

O governador Ratinho Junior durante evento sobre os 100 dias de gestão no Paraná. Foto: Geraldo Bubniak/ANPr| Foto: Geraldo Bubniak
Um compilado das ações que foram executadas e das que estão em andamento nos primeiros meses de gestão foi apresentado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (15). Para além de liberação de recursos para municípios, o governador listou 67 iniciativas, dando ênfase às de infraestrutura e segurança pública, além de garantir que estava promovendo uma gestão mais eficiente e econômica.

As negociações envolvendo as rodovias pedagiadas, com a possibilidade de inclusão de mais mil quilômetros (numa reconfiguração) do Anel de Integração, devem contar com mais estradas estaduais passadas para a iniciativa privada, como a Gazeta do Povo antecipou em fevereiro. E declarou que uma oferta de remuneração melhor, depois de um período de baixo interesse, levou policiais da reserva a se inscreverem no programa Escola Segura.

Ratinho Junior destacou o apoio político do governo Jair Bolsonaro (PSL), citando a visita de ministros ao Paraná, e insistiu em dizer que está cortando despesas – como a devolução da aeronave que estava à disposição do governo e o congelamento dos salários do primeiro escalão do governo. Combinado com outras economias, como diminuição no número de funcionários comissionados e da forma de remuneração de pedagogos (que recebiam por hora-aula, de 50 minutos, e passam ao regime de hora cheia), Ratinho Junior afirma que foi possível economizar R$ 80 milhões.

O governador evitou cravar que não haverá reajuste para os servidores estaduais, na data-base, em maio, mas reiterou o discurso que já vem adotando, de que seria “quase impossível”, pois disse que está pressionado pelo limite prudencial de gastos com pessoal e que, se gastar mais com salários não conseguirá fazer as contratações que o governo necessita, como a nomeação de 2 mil policiais.

Fonte:

https://www.gazetadopovo.com.br/parana/balanco-100-dias-ratinho-jr-seguranca-infraestrutura/